12 de mar. de 2022

RIVERSIDE - "Out of Myself" - 2004


Quando pegamos um copo de um liquidificador e botamos dentro o Marillion, Porcupine Tree, Pink Floyd, Dream Theater e mais uma penca de bandas boas, o sumo extraído, chama-se RIVERSIDE.

A Polonia nos brinda com mais uma banda de rock neoprogressivo, simplesmente sensacional, com membros de excepcional personalidade e virtuosismo, que aparentemente tinha ficado para trás, lá nos anos 70/80/90, ou seja, uma gratíssima surpresa.

No primeiro trabalho, o RIVERSIDE já dá a cara a tapa e mostra do que é capaz com o álbum, “Out Of Myself” de dezembro de 2003, lançado de forma independente, sendo relançado por uma gravadora americana em 2004.

Escutando este álbum, a impressão que dá é que tem mais de uma banda tocando ao mesmo tempo, pois a pegada metal da bateria e da guitarra em contraponto com o baixo e os teclados, digamos, progressivos, se fundem numa explosão de criatividade difícil de se encontrar nas bandas dos anos dois mil em diante.

Cada qual faz sua parte de forma cirúrgica, seja nos momentos mais tempestuosos ou nos mais tênues e gentis e desta mistura de magia e criatividade seja qual for a música, a diversão está garantida.

Partindo desse princípio, independente do estilo musical quando este fenômeno acontece, no meu entendimento a principal característica que define se um trabalho é bom ou não fica atendido positivamente, pois o entretenimento está mais que garantido

Muitas vezes, o menos, é mais e no caso do RIVERSIDE, eles fizeram este álbum na medida certa, sem muita pirotecnia ou rodeios, mas na raça, com agressividade e ternura dosadas com muita sabedoria, em músicas absolutamente alucinógenas e viajantes.

O destaque vai para a música título do álbum, “Out Of Myself” que vem com uma pegada muito forte, enredo e arranjos altamente sofisticados e complexos, num crescendo com um clímax fulminante, mas sem exageros e talvez o único pecado desta música, é que ela tem pouca duração, pois merecia muito mais.

A formação do RIVERSIDE para este álbum contou com a participação de Mariusz Duda nos vocais, baixo e guitarra acústica; Piotr Grudziński nas guitarras; Jacek Melnicki nos teclados; Piotr Kozieradzki, bateria e percussão e adicionalmente para a música “OK”, Krzysztof Melnicki no trombone, formando um grupo de feras.

Dá gosto escutar este álbum do começo ao fim sem dar aquela vontade de trocar de faixa, pois uma remete a próxima e assim por diante até quando nos damos conta que o álbum terminou e o tempo passou despercebido.

RIVERSIDE

Mariusz Duda – vocals, bass, acoustic guitar
Piotr Grudziński – lead and rhythm guitars
Jacek Melnicki – keyboards
Piotr Kozieradzki – drums, percussion
With Krzysztof Melnicki: Trombone on "OK"

Setlist:
01 - The Same River 12:01
02 - Out Of Myself 03:44
03 - I Believe 04:15
04 - Reality Dream 06:15 (instrumental)
05 - Loose Heart 04:51
06 - Reality Dream II 04:45 (instrumental)
07 - In Two Minds 04:39
08 - The Curtain Falls 07:59
09 - OK 04:47


2 comentários:

  1. Classic Rock Covers8 de abril de 2022 01:12

    Hello, we have the blogs www.Classic-Rock-Covers.com and ChilloutSounds.blogspot.com/ If you want put our links to your Blog List. We already put your blog to our Blog's Blog List. Thank you! :)

    ResponderExcluir
  2. It's done my friend!!

    Greetings..

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails