31 de jan. de 2020

SOLARIS - “NOSTRADAMUS 2.0 – RETURNIT” - 2019

Começando o ano um tanto atrasado, mas levando-se em conta que estamos no País que só começa a trabalhar depois do Carnaval, me sinto até com o sentimento de estar cumprindo com o meu dever, mas, vamos para o que realmente interessa. 

A razão de poucas postagens é reflexo de poucas ofertas musicais que realmente mereçam atenção, mas quando temos um álbum novo do Solaris, isso é um sinal positivo, que nem tudo está perdido e há uma luz no final do túnel. 

Luz esta, intitulada de “NOSTRADAMUS 2.0 – RETURNIT”, provavelmente uma sequência do álbum Nostradamus de 1999, assim como já foi feito para o não menos emblemático álbum “Marsbéli Krónikák (Martian Chronicles) de 1984, tendo sua com continuidade em 2014 com o álbum Martian Chronicles II

A boa notícia, é que este lançamento, retorna com alguns nomes legendários do rock progressivo Húngaro, como Kollár Attila; Seres Attila; Bogdán Csaba; Gömör László e Erdész Róbert que já fazem parte da história música contemporânea, pelos seus feitos ao longo da existência do Solaris

Um álbum com uma suíte de quase trinta e cinco minutos, já é possível imaginar o que nos aguarda, pois nisso eles são mestres e, independente do idioma, que não é nada amigável aos nossos ouvidos por razões óbvias, a peça é simplesmente uma delícia de se escutar, pois tem um lirismo único que acompanha o Solaris desde seu primeiro álbum. 

Parte deste precioso DNA está na contido nas figuras de Kollár Attila com sua lendária flauta mágica, acompanhado dos solos viajantes de Erdész Róbert com seus sintetizadores e a inteligência musical de Bogdán Csaba empunhando sua guitarra. 

As demais músicas têm o seu tempo na casa dos três minutos, deixando um gostinho de quero mais, pois todas tem potencial para uma duração maior, entretanto é o que temos para o momento, portanto, vamos aproveitar que está muito bom. 

O negócio é falar pouco e ouvir muito este álbum que está muito, portanto só resta a mim, desejara a todos uma excelente audição. 

SOLARIS 

- Attila Kollár / lead vocals, flutes, tambourine
- Csaba Bogdan / guitars
- Róbert Erdész / keyboards, vocals
- Attila Seres / bass
- László Gömör / drums, percussion, vocals
- Vilmos Tóth / drums (1)
- Ferenc Raus / drums (2,4)

With:
- Edina Szirtes 'Mokus' / violin
- Zsuzsa Ullmann / vocals
- Gyorgy Demeter / vocals
- Ferenz Gerdesits / vocals

Tracks: 

01. Returnity I-VI (34:00)
- I 1960 Augusztus 1.
- II 1942 December 2.
- III 1986 Április 26.
- IV 1905 Június 30.
- V 1969 Szeptember 2.
- VI 1969 Július 20.
02. Double Helix - 1953 Február 28. (3:04)
03. Deep Blue - 1997 Május 11. (3:33)
04. Radioscope - 1926 Március 20. (3:54) 





Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails